Radiestesia Geobiológica

Crédito da imagem: Jornal “O Legado” (SP)

SUA CASA OU LOCAL DE TRABALHO ESTARIAM “DOENTES”???

GEOBIOLOGIA: ETIMOLOGIA E DEFINIÇÕES

A princípio, poderíamos definir a GEOBIOLOGIA como a CIENCIA (LOGOS) que pesquisa as diferentes relações entre o meio ambiente a TERRA (GEO) e as energias que dela emanam, com os seres (BIO) e a saúde dos que nela habitam. Algumas dessas energias são inclusive benéficas e indispensáveis para a manutenção da vida, como por exemplo no caso do MAGNETISMO (que aliás, tanto carece a maioria de nossa população, nos dias atuais).

Entretanto o COSMO, por sua vez, também nos bombardeia diariamente com sua energia, e ao”duelo” entre os raios cósmicos (+) e os raios telúricos (-) é que em Radiestesia chamamos de “teoria das forças compensadas”, pois seu equilíbrio dinâmico é a base sustentadora e mantenedora da vida; quando há um desequilíbrio destas forças, ocorre então uma RUPTURA (normalmente pela ação nefasta das ONDAS NOCIVAS, transportadas pelo TELURISMO), o que pode ocasionar sérios danos a saúde e consequentemente a vida daqueles que estiverem expostos a estes fenômenos. Neste último caso, acrescentando o estudo destes mesmos fenômenos, poderíamos então redefinir esta CIÊNCIA como: COSMOGEOBIOLOGIA

A CIÊNCIA DO HABITAT

Eis que após longos anos de observações, estudos e pesquisas de diversos Radiestesistas, foi percebido que muito além dos referidos fenômenos, ABSOLUTAMENTE TUDO a nossa volta interfere positiva ou negativamente com o nosso equilíbrio biológico (físico-químico), trazendo portanto as mesmas consequências para o nosso balanço energético-vital como um todo (e é justamente aí, sob o aspecto negativo, que começam a surgir as doenças, ou ao menos o ambiente propício para que elas se instalem!).

Entre estes renomados profissionais pesquisadores, destacaram-se: O parapsicólogo e escritor Roger de Lafforest (autor do clássico “Casas que Matam”), o engenheiro, pesquisador e escritor Jacques la Maya (autor da obra “Medicina da Habitação”), os Doutores Ernst Hartmman, Peyré e Curry (cujos nomes são atribuídos as principais malhas energéticas da terra), o físico Yves Rocard (autor de vários livros sobre Radiestesia experimental) entre muitos outros.

Portanto, além dos fenômenos mais comuns (típicos do telurismo) e especialmente relacionados as habitações modernas tais como: falhas geológicas, água subterrânea em movimento ou estagnada, câmaras ocas (falhas secas), tipos de subsolo geológico e demais “geopatogênias”, também são levadas em conta hoje todas as interferências causadas pelas formas dos edifícios e demais construções, caixas d’agua de grande porte, grandes massas metálicas (incluindo aí as “venenosas”antenas repetidoras de telefonia celular), entre outros fatores e elementos ligados as construções em geral.

E indo mais além, poderíamos elencar também os objetos que nos circundam (móveis, peças de decoração etc.,), as emissões parasitas decorrentes de aparelhos eletrodomésticos, da própria rede elétrica de alimentação (poluição eletromagnética ambiental), do campo mental das pessoas que nós convivemos e até das energias intrusas de origem espiritual (paranormal) e/ou de caráter magístico (ritual) e assim por diante.

Desta forma, poderíamos então finalmente melhor definir esta ciência como: “DOMOLOGIA”, ou a VERDADEIRA  “CIÊNCIA DO HABITAT”.

SINTOMAS E CONSEQUÊNCIAS DECORRENTES DA EXPOSIÇÃO CONTINUA ÀS “ONDAS NOCIVAS”

Portanto, quando há a incidência de ondas nocivas por um ou mais dos fatores expostos, podem ocorrer conforme já citado graves danos ao equilíbrio energético-vital, inclusive a nível celular com repercussões físico-biológicas, causando assim sérios prejuízos à saúde e ao bem estar dos habitantes destas residencias e de todas as pessoas que necessitem estar nos locais afetados (tais como ambientes de trabalho, estudo etc.); variando é claro pelo nível de resistencia de cada organismo e pelo período de exposição aos referidos fenômenos. Podendo com o tempo se apresentarem (apenas citando os mais “comuns”) um ou mais dos seguintes sintomas:

Cansaço excessivo e sem causa aparente (mesmo após acordar, por exemplo); idem: Stress (excessivo); qualquer tipo de doença degenerativa (inclusive, nos casos mais graves, o câncer); toda e qualquer doença cuja causa é desconhecida e que não responde a nenhum tratamento (dito convencional). Outros sintomas a nível psíquico (mental) são: depressão, síndromes diversas (como a do “pânico”), apatia, perda repentina (e inexplicável) de apetite e peso, baixo rendimento escolar ou no trabalho, falta de concentração e assim por diante. Repetindo portanto, sintomas todos esses prenúncios de diversas doenças, a níveis físico e mental.

Por todo o exposto, nota-se o quanto é importante (e na grande maioria dos casos negligênciada) a nossa atenção com o ambiente energético-vibratório que nos circunda, sejam em nossas residencias, escolas, trabalhos, ou empresa (locais estes, aonde comumente passamos tantas horas de nossos dias)

RADIESTESIA GEOBIOLÓGICA

Utilizando todos os recursos da Radiestesia tradicional e Cabalística (quando houver necessidade), aliados as técnicas e instrumentos específicos para a Radiestesia Geobiológica, é feito um exame com o levantamento completo do ambiente energético em questão.

Em seguida, são aplicadas as técnicas de correção indicadas (sempre buscando sanar ou amenizar os efeitos negativos da exposição as ondas nocivas), sejam elas de “bio-correção”, “compensação energética” ou neutralizadoras das ondas nocivas.

***CONSULTORIA EXCLUSIVAMENTE in situ  (COM AGENDAMENTO PRÉVIO)***

 

IMPORTANTE!

NENHUMA DESTAS TÉCNICAS SUBSTITUEM  EVENTUAIS ORIENTAÇÕES E/OU TRATAMENTOS MÉDICOS.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: “Geobiologia, La Medicina del Habitat” (Raúl de la Rosa/Terapion); “O Grande Livro da Casa Saudável” (Mariano Bueno/Roca); “Viver em Casa Saudável – As Radiações Cosmotelúricas e Sua Influência nos Seres Vivos – Introdução à Geobiologia” (Mariano Bueno/E. Roka) ; “Medicina da Habitação”(Jacques La Maya/Roca); “Casas que Matam” (Roger de Lafforest/Ground).

Grato pela visita!

Se interessou pelo assunto?
Fale comigo

Icone do Facebook



Chat